Lisboa
Edifício Ramazzotti
Av. do Forte, Nº 6 - Piso 2
2790-072 Carnaxide
e-mail: dci@cesce.pt

Porto
Av. Sidónio Pais, 379
4100-468 Porto
e-mail: dci@cesce.pt

Contactos:
Tel: +351 21 302 55 00
Fax: +351 21 302 55 10

NOVAS FUNCIONALIDADES AJUDAM AS EMPRESAS NO CUMPRIMENTO DA CONFORMIDADE COM AS NORMAS

A mais recente plataforma da Veritas, eDiscovery, acelera a resposta a pedidos de acesso a informações pessoais (SARs) e apresenta novas funcionalidades que irão facilitar o trabalho das equipas de TI com responsabilidade do cumprimento do Regulamento Geral Sobre a Proteção de Dados (RGPD)
03-Abr-18


A CESCE SI, empresa com presença no mercado ibérico de serviços de TI, anunciou os progressos alcançados pela sua parceira de negócios, Veritas Technologies, líder em gestão de dados multi-cloud, na sua plataforma eDiscovery, com novas funções de classificação de dados criadas para ajudar as equipas de TI de investigação e conformidade, a garantir a conformidade com as normas, a evitar multas avultadas e a mitigar danos de reputação. A nova tecnologia ajuda, também, as empresas a gerirem as informações de identificação pessoal (PII) e os pedidos de acesso a informações pessoais (Subject Access Request – SAR.)

Dentro da União Europeia, os titulares dos dados passam a ter o direito de fazer pedidos de acesso a informações pessoais (SARs) e podem passar a pedir a uma empresa que lhes forneça todos os dados pessoais que a organização tem em seu poder acerca deles. Os titulares dos dados vão poder passar a pedir para serem informados com que finalidades os dados estão a ser processados e com que organizações serão partilhados. Estes pedidos, em breve, irão assumir uma importância global, o Regulamento Geral Sobre a Proteção de Dados (RGPD) vem reforçar os direitos dos titulares dos dados, relativamente aos dados pessoais, e exigir que as empresas no espaço de um mês forneçam as respostas aos pedidos de SARs. Contudo, poderá ser difícil cumprir este prazo, uma vez que muitas empresas têm uma visibilidade limitada sobre os dados que têm e onde estes se encontram.

A preparação para os pedidos de acesso a informações pessoais (SARs) é um componente crítico de qualquer estratégia RGPD, e as empresas estão a preparar-se para o RGPD de várias maneiras. Um novo estudo da Veritas publicado, recentemente, revela que muitas empresas em todo o mundo estão a começar a adotar uma cultura de conformidade que se estende a toda a empresa.

Segundo o estudo da Veritas¹, os dados continuam a crescer a uma taxa anual, global, de 49 por cento, e como resultado, as empresas estão a armazenar mais dados localmente, e numa ou mais clouds. Devido a esta fragmentação, muitas empresas têm uma visibilidade limitada sobre os dados que têm e onde se encontram, por isso, encontrar dados pessoais relevantes, atempadamente, torna-se um desafio.

A mais recente plataforma eDiscovery da Veritas, responde diretamente a estes desafios, por ajudar as empresas a localizar, rapidamente, dados pessoais e a analisá-los, para avaliar quais os dados pessoais que devem ser revelados e os que podem ser legalmente ocultados. Além disso, a plataforma eDiscovery irá facultar um conjunto de respostas de forma eletrónica que satisfaça os requisitos do RGPD, relativamente aos pedidos SAR, para que as empresas possam assegurar a conformidade com as normas, evitar multas avultadas e mitigar danos de reputação.

Francisco José Silva, Coordenador da Divisão de Consultoria da CESCE SI “Com o lançamento desta recente plataforma da Veritas, eDiscovery, conseguimos ajudar os nossos clientes a responderem, rápida e eficientemente, aos pedidos, e a gerir as suas questões de regulamentação e de investigação, com uma aplicação única e fácil de utilizar”.

Dados justificáveis descobertos com classificação de dados integrada

A plataforma eDiscovery da Veritas inclui, agora, uma integração completa com o mecanismo de classificação da Veritas (Classification Engine) e faculta informações preciosas sobre os riscos para os dados, localmente e na cloud. Através desta nova integração, os clientes podem analisar e classificar dados, rapidamente, usando um conjunto pré-concebido de classificações. Isto ajuda a garantir que as informações sensíveis ou de risco são, convenientemente, geridas e protegidas. A plataforma permite, também, que as empresas cumpram com os SAR, ao localizar onde existem informações de identificação pessoal em toda a empresa e, quando necessário, toma alguma ações que ajudam a ocultar ou apagar, adequadamente, estes dados.

Isto são grandes progressos para as empresas, já que vem ajudar a reduzir o número total de ficheiros necessários para análise, excluindo os dados que são indispensáveis ao negócio. Além disso, os clientes podem atribuir prioridades aos trabalhos que vão ser alvo de revisão, classificando os itens que são mais relevantes para a análise. Esta inovação é fundamental para ajudar as empresas a cumprir as diretivas de conformidade obrigatórias de acordo com as novas regulamentações, como o RGPD.

“Os dados estão a crescer exponencialmente, e nós continuamos a assistir a um aumento global das regulamentações específicas do setor e dos regulamentos relativos à proteção de dados” disse Rama Kolappan, vice-presidente do departamento de gestão de produtos e alianças da Veritas. “As empresas necessitam, urgentemente, de ferramentas que possam analisar, selecionar e gerir com precisão os dados relevantes, independentemente de onde os dados se encontrem dentro de uma estrutura organizacional.”

Revisão e redação dos dados para cumprir prazos rigorosos

A mais recente versão da plataforma eDiscovery inclui um novo conjunto de ferramentas, de revisão e de redação, que permitem uma revisão mais inteligente e mais rápida. A redação Bulk é uma nova função que analisa, automaticamente, um conjunto de dados e mascara todos os dados sensíveis, em categorias pré-determinadas pelo revisor. Esta capacidade ajuda as empresas a garantir que não estão a permitir uma fuga de dados sensíveis que deveriam ter sido ocultados (como sendo dados pessoais relativos a um outro indivíduo), ao responder a um pedido de acesso a dados pessoais.

Por outro lado, a plataforma eDiscovery inclui, agora, códigos de redação predefinidos, para garantir consistência em todo o processo de revisão de documentos, e para permitir aos utilizadores mostrar aos indivíduos, a razão pela qual determinados itens de dados foram ocultados. Esta versão inclui, também, novas funções de anotação que simplificam a forma como os utilizadores marcam os documentos que estão a rever, e partilham notas entre si, para um melhor fluxo de trabalho em equipa, nomeadamente para conjuntos de dados que requeiram vários revisores.

A plataforma eDiscovery da Veritas está disponível como software, ou como uma ferramenta (appliance), apresentando-se como uma solução completa para clientes que procuram de executar uma implementação, em menos de 24 horas. Para mais informações sobre a Veritas eDiscovery Platform, consulte aqui ou entre em contacto com a CESCE SI.

¹ Fonte: relatório Veritas Data Genomics de 2017

voltar 
Informação Corporativa CESCE SI

A CESCE SI é uma companhia especialista no desenvolvimento de soluções tecnológicas para infra-estruturas de armazenamento e de segurança, serviços de gestão e consultoria. Com mais de 25 anos de existência, a CESCE SI tem mais de 200 clientes em Portugal e em diversos países de Língua Portuguesa, nos mais relevantes segmentos de mercado, como financeiro, segurador, telecomunicações, distribuição, indústria e administração pública.

A CESCE SI está integrada no Grupo SIA, conta em Portugal com uma equipa de 55 pessoas, e está localizada em Lisboa e no Porto.

Para mais informações, visite o nosso site em: www.cesce.pt

Ccontacto:
Departamento de Comunicação e Imagem
CESCE, Soluções Informáticas, S.A.
dci@cesce.pt
Tel. +351 21 302 55 00
Fax. +351 21 302 55 10
® CESCE, Soluções Informáticas S.A. | Suporte Técnico